PUBLICIDADE


-

Esportes, Notícias Visto 179 vezes

Veja o vídeo do gol polêmico que deu a vitória ao Inter aos 47 do segundo tempo contra o Luverdense, confira

O Internacional conseguiu acabar com a série de resultados ruins jogando no Beira-Rio na noite desta terça-feira. O Colorado bateu o Luverdense por 1 a 0 e voltou a lutar por uma vaga no G4. A equipe de Guto Ferreira criou bastantes oportunidades, mas só conseguiu marcar no final da partida. O gol foi marcado por William Pottker, aos 47 minutos do segundo tempo, com muita reclamação da equipe visitante, que quase chegaram a se recusar a continuar a partida. No lance, o assistente levantou a bandeira, os defensores pararam, mas o árbitro mandou a jogada seguir: gol, polêmica e muita confusão.

O LANCE

 

 

Com um retrospecto muito ruim jogando dentro do Beira-Rio, o Inter foi para o jogo com a missão de mudar esse panorama. Foram seis jogos disputados dentro de casa, com apenas uma vitória. E o técnico Guto Ferreira resolveu mudar a equipe para ver se conseguia um desempenho melhor diante do torcedor. Sacou o medalhão e capitão D’Alessandro para colocar Diego como titular.

O Colorado parecia diferente das outras partidas que jogou em casa. Logo com dois minutos Edenílson cruzou e Nico cabeceou para dentro. O atacante, no entanto, estava impedido e o gol foi bem anulado. Depois, a pressão continuou. As próximas grandes chances foram com Pottker, aos 22, e com Edenílson, um minuto depois. O atacante acertou na trave, enquanto que o volante chutou fraco depois de sair cara a cara com Diogo Silva.

O Luverdense pouco conseguia fazer. Nas poucas vezes que chegava ao campo ofensivo com a bola dominada, se precipitava e arriscava finalizações de longa distância, que passavam longe da meta colorada. Porém, conseguiu equilibrar o jogo no final do primeiro tempo. Não sofreu tanto quanto no começo e segurou o 0 a 0 até o intervalo.

.

PUBLICIDADE

A etapa final começou muito parecida com o primeiro tempo. O Inter afundava o Luverdense no seu campo defensivo e criava oportunidades. Mais uma vez, a falta de capricho na hora de finalizar e a boa atuação de Diogo Silva impediam que o zero saísse do placar. D’Alessandro, que era opção no banco para Guto tentar dar inspiração à equipe, entrou no lugar de Felipe Gutiérrez aos 21 minutos.

O camisa 10, de fato, agitou o time. Puxou um belo contra-ataque aos 31 minutos e rolou para Pottker. O atacante poderia ter rolado de volta, mas preferiu chutar e viu Diogo Silva salvar mais uma. O Inter tentou uma pressão final mais desesperado que organizado, tentando lançar a bola para a área para ver se conseguia um gol. Conseguiu aos 40 minutos, porém, em impedimento. 

Aos 47 minutos, William Pottker foi lançado, impedido. O bandeira assinalou e o atacante, junto com a zaga do Luverdense pararam. Joanderson, que vinha de trás em posição legal, pegou a bola e rolou para o meio, onde estava o camisa 99 para empurrar para dentro. Gol que revoltou a equipe do Luverdense, que foi para cima do árbitro e do assistente, ameaçando até não voltar para campo por conta da confusão. Depois de muita confusão, o jogo foi reiniciado e o Inter segurou o placar até o apito final.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 X 0 LUVERDENSE

Local: Beira-Rio, Porto Alegre
Data-hora: 18/7/2017 – 21h30
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Auxiliares: Marcio Eustaquio Santiago (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Público: 10.963 presentes
Cartões amarelos: Claudio Winck, William Pottker, Edenílson e D’alessandro (INT); William e Moacir (LUV)
Cartões vermelhos: Não houve. 
Gols: William Pottker, 47’2°T (1 a 0).

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Claudio Winck, Danilo Silva, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, Felipe Gutiérrez (D’alessandro 21’2°T) e Diego (Carlos, 30’2°T); William Pottker e Nico López (Joanderson, 33’2°T) – Técnico: Guto Ferreira.

LUVERDENSE: Diogo Silva; Aderlan, William, Pablo e Paulinho; Ricardo, Moacir e Sérgio Mota (Marcos Aurélio, 6’2°T); Douglas Baggio (Rafael Ratão, 37’2°T), Rafael Silva e Alfredo (Erick, 23’2°T) – Técnico: Júnior Rocha.


Veja também:

ASSINE SPEEDRS


PUBLICIDADES

-