PUBLICIDADE



-

Esportes, Notícias Visto 50 vezes

TÁ DIFÍCIL – Inter tem que ganhar de quatro a zero do Timão para sair do Z4, chance rebaixamento subiu para 80%, CONFIRA REPORTAGEM

Três pontos atrás da equipe de Argel, Colorado tem obrigação de vencer Corinthians

Vitinho é a principal esperança do Inter para evitar o rebaixamento (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)

Nada é tão ruim que não possa piorar. Se o Inter já estava em uma situação delicada, ficou ainda mais dramática após o domingo. A goleada por 4 a 0 do Vitória sobre o Figueirense obriga ainda mais o time de Lisca a derrotar o Corinthians na noite desta segunda-feira para minimizar os estragos do resultado do Barradão.

O escore construído pela equipe de Argel aproximou ainda mais o Colorado do inédito rebaixamento. Os gaúchos agora estão a três pontos dos baianos – 42 a 39. Porém, mesmo que saia de São Paulo com uma vitória na bagagem, dificilmente o Inter deixa a zona da degola por causa dos critérios de desempate.

Em caso de triunfo sobre o Timão, o Colorado empata em pontos com o Vitória. Como ambos teriam o mesmo número de vitórias, os nordestinos ficam em vantagem pelo saldo de gols (-2 a -6). Assim, somente um 4 a 0 diante do Corinthians igualaria as situações.

O terceiro critério, porém, fica por conta do número de tentos marcados. E aí a situação piora. Enquanto o Inter fez 33, seu rival direto já soma 49, uma diferença de 16. Ou seja, os comandados de Lisca quase se obrigam a angariar um ponto a mais do que o adversário para seguir na Série A em 2017. Tal cenário preocupa Geferson.

Inter tabela Vitória raio-x (Foto: reprodução)

– Assusta porque faltam poucos jogos. Temos a obrigação de ganhar, mesmo jogando fora de casa, porque estamos nessa situação complicada – resumiu o lateral.

O quadro desolador também se reflete no retrospecto. O Colorado não vence há mais de um mês. O último triunfo foi no longínquo 19 de outubro, quando fez 2 a 0 no Santos pela Copa do Brasil. Desde então, disputou seis partidas, com quatro empates e duas derrotas, o que culminou na demissão de Celso Roth e na contratação de Lisca.

Se levar em consideração apenas o Brasileirão, são um revés e três igualdades depois da vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, no dia 16 de outubro.

E as preocupações não param por aí. Em 17 compromissos fora do Beira-Rio, o Inter venceu apenas em duas ocasiões, ambas sob a batuta de Argel. Ainda são quatro empates e 11 derrotas, o que representa um aproveitamento de 19,61%.

– É um acúmulo. Cada um precisa saber o que fez. Temos que melhorar. Infelizmente estamos nesta situação – disse o atacante Eduardo Sasha.

Lisca comanda treino fechado do Inter em São Paulo (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)
Está nas mãos de Lisca livrar o Inter do rebaixamento, a começar por esta segunda-feira (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)

Sob o comando de Lisca, o Inter tenta evitar o primeiro rebaixamento de sua história. Atualmente, o Colorado ocupa a 17ª posição, com 39 pontos, três a menos que o Vitória, que goleou o Figueirense por 4 a 0 neste domingo no Barradão. A partida com o Corinthians será disputada às 20h desta segunda, na Arena Corinthians.

CORINTHIANS X INTER – 36ª RODADA – BRASILEIRÃO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data e horário: segunda-feira (21/11), às 20h (horário de Brasília)
Provável time do Inter: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Geferson; Anselmo, Rodrigo Dourado, Eduardo Sasha, Anderson e Valdívia; Vitinho
Desfalques: Fernando Bob e Marquinhos
Pendurados: Andrigo, Aylon, Fernando Bob, Gustavo Ferrareis, Paulão, Raphinha, Seijas e Vitinho
Arbitragem:Rodolpho Toski Marques (PR), auxiliado por Bruno Boschilia – PR (Fifa/PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Transmissão: PFC e SporTV. O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real, com vídeos

Fonte G1


Veja também:

ASSINE SPEEDRS


PUBLICIDADES

PUBLICIDADES