PUBLICIDADE



-

Esportes, Notícias Visto 51 vezes

Pacotão do Inter: choro, fantasma da B e golaço marcam vitória no Beira-Rio, CONFIRA

Inter vence o Cruzeiro por 1 a 0 e segue vivo na luta contra o rebaixamento

A partida teve muito choro, sinalizadores na torcida e até um drone com “fantasma da Série B”. Ainda contou com momentos de alta tensão na partida. Após o gol de Valdívia, o Cruzeiro pressionou e esteve muito perto de empatar o confronto. No final, alívio de jogadores e torcedores presentes no Beira-Rio.

Com a vitória, o Inter permanece em 17º, com 42 pontos – os mesmos do Vitória, que ainda joga nesta segunda-feira diante do Coritiba. O clube gaúcho ainda tem o Sport, com 44 pontos, na mira. Ou seja, decidirá a vida no próximo domingo diante do Fluminense, no Maracanã.

CHORO

Minutos antes da partida, uma cena comovente. Uma garotinha colorada não aguentou a emoção enquanto jogadores passavam pelo túnel de acesso em direção ao vestiário, após o aquecimento. Chorou copiosamente, enquanto recebia o afago de atletas.

SINALIZADORES

O árbitro mal tinha dado o apito inicial quando interrompeu a partida. O motivo: sinalizadores nas arquibancadas provocavam fumaça para o campo. Até o goleiro Danilo Fernandes chegou a pedir para que os colorados cooperassem.

PRIMEIRA CHANCE

No levantamento na área aos 12 minutos, Rodrigo Dourado subiu bem e cabeceou com muito perigo. A bola passa muito perto da trave de Rafael, mas vai pra fora.

TROCA RELÂMPAGO

O Inter não jogava bem e Lisca resolveu mudar o time logo aos 29 minutos do primeiro tempo. Sacou Geferson, lateral-esquerdo que ia mal na partida, e colocou Vitinho. Com isso, Alex foi recuado para a ala esquerda.

QUASE!

No final da primeira etapa, o Inter teria ainda uma chance. De falta frontal, como Alex já marcara muitos gols. O veterano colorado cobrou bem, mas foi vencido por Rafael, que espalmou para fora.

FANTASMA DA B

O Inter voltou mal para o segundo tempo. Aos 20 minutos, ainda recebeu uma “corneta”. Um drone com um “fantasma da série B”, em alusão a possível queda do Inter, surgiu no céu do Beira-Rio. Ficou cerca de dois minutos no céu e saiu.

NÃO GOSTOU

O Inter precisava atacar, mas a produção ofensiva era irrisória. Então, Lisca resolveu mudar. Colocou Valdívia na vaga de Dourado, que não gostou da mudança.

GOLAÇO

Há quem diga que a corneta deu sorte ao colorado. Como se fosse predestinado, Valdívia entrou muito bem na partida. Acertou um belo chute de fora da área e tirou o zero do placar.

DESESPERO

Com a vantagem, o Inter recuou, deixou o Cruzeiro jogar e cedeu espaços. E o final da partida foi um “Deus nos acuda”. Robinho e Ramon Ábila perderam gols incríveis de dentro da grande área.

ALÍVIO GERAL

 Com o apito final, os jogadores do Inter se reuniram no centro do gramado, comemoram a vitória. Alguns se ajoelharam, enquanto outros choraram. O Beira-Rio se inundou em emoção graças a “sobrevida”.
Fonte GloboEsporte.comPorto Alegre

Veja também:

ASSINE SPEEDRS


PUBLICIDADES

PUBLICIDADES