PUBLICIDADE


-

Esportes, Notícias Visto 40 vezes

Há cinco jogos sem vencer, Roth pode igualar pior sequência na volta ao Inter se tropeçar

Time perdeu 6 partidas seguidas em setembro. Hoje, tem 3 empates e 2 derrotas

Celso Roth Palmeiras x Internacional (Foto: Marcos Ribolli)
Celso Roth vive situação delicada no Inter
(Foto: Marcos Ribolli/GloboEsporte.com)

Além de tentar tirar o Inter da zona de rebaixamento, Celso Roth tem outra missão diante da Ponte Preta, na próxima quinta-feira, no Beira-Rio. Uma vitória servirá para evitar que repita seu pior momento no clube nesta sua quarta passagem.

O Colorado não vence há cinco partidas. Sem derrotar um rival desde 19 de outubro, quando fez 2 a 0 no Santos, pela Copa do Brasil, acumula três empates e duas derrotas. Porém, o treinador já amargou em setembro seis reveses consecutivos (compare abaixo).

Na ocasião, após superar o mesmo Peixe por 2 a 1 no dia 8 de setembro, o Inter de Roth perdeu para Atlético-PR (2 a 1), Vitória (1 a 0), América-MG (1 a 0), Fortaleza (1 a 0), Atlético-MG (3 a 1) e Santos (2 a 1). Só voltaria a vencer já em outubro, ao derrotar o Figueirense por 1 a 0.

Neste atual período de insucessos, Roth manteve a rotina de jamais repetir o time. Utilizou 22 jogadores. A última novidade foi a mudança de posicionamento de William, que deixou a lateral direita e foi improvisado no meio de campo. Contra a Ponte, contudo, deve retornar à posição de origem devido à lesão de Ceará. Seijas não atuou um minuto sequer. Até o garoto Diego, trazido da Portuguesa e que estava no Inter B, recebeu oportunidade na derrota para o Palmeiras.

Nos últimos cinco jogos sem triunfos, o Inter marcou quatro gols – o que dá uma média de 0,8 por partida. Vitinho, Aylon, Anderson e William marcaram para o Colorado. Por outro lado, levou seis tentos, o que dá uma média de 1,2. Saiu sem ser vazado apenas no 0 a 0 contra o Grêmio, na Arena.

No  total, o técnico, que formou a “Swat” junto ao vice de futebol Fernando Carvalho, o diretor de futebol Ibsen Pinheiro e o executivo Newton Drummond, o Chumbinho, tem 21 partidas nesta passagem pelo Beira-Rio. Conquistou seis vitórias, teve cinco empates e perdeu em 10 ocasiões, o que dá um aproveitamento de 36,5%. Marcou 20 gols e sofreu 22.

Inter Celso Roth jogos má fase (Foto: reprodução)

O time para o confronto contra a Macaca não está definido. Além de depender da recuperação de Ceará no sistema defensivo, Vitinho é dúvida no ataque. O artilheiro da equipe no Brasileirão, com oito gols, está aos cuidados da fisioterapia em razão de um desconforto na coxa direita. Por outro lado, Nico López se recuperou da lesão muscular na coxa esquerda e está à disposição.

O Inter é o atual 17º colocado na tabela do Brasileirão, com 38 pontos, um a menos que o Vitória, 16º e primeiro fora da zona de rebaixamento. O Colorado volta a campo na quinta-feira, às 21h, quando encara a Ponte Preta, no Beira-Rio, pela 35ª rodada.

Fonte G1


Veja também:

ASSINE SPEEDRS


PUBLICIDADES

-